O mito da fragilidade no drywall


O mito da fragilidade no drywall
Opção de muitos engenheiros e arquitetos, o drywall consiste em uma “parede seca”, ou seja, não necessita de argamassa para ser construída, como os modelos comuns de alvenaria. No entanto, os projetos têm causado dúvidas aos consumidores, os quais muitas vezes, não tem conhecimento sobre a resistência do produto.

A tecnologia do drywall, permite substituir vedações internas, de edifícios, em forma geral. O interior do projeto apresenta chapas de gessos aparafusadas nas estruturas de perfis de aço galvanizado, os quais tem como característica principal: a estabilidade.

Características do drywall

As estruturas de drywall são rígidas e permitem a fixação de armários, acessórios, estantes, TV e demais móveis. No entanto, a dúvida em questão a fragilidade do drywall se dá devido ao material ser leve e não utilizar procedimentos de alvenaria. O drywall atua como paredes tradicionais, além de promover estabilidade acústica, proteção contra chamas e estender as aplicações aos prédios comerciais e casas.

A resistência das divisórias se dá devido a instalação dos perfis de aço, os quais proporcionam resistência mecânica, conforme as normas técnicas da ABNT. O fato do drywall possuir chapas de aço atende aos requisitos de qualidade e robustez. As paredes de drywall apresentam acabamentos comuns como pintura, papel de parede, cerâmica, azulejo e laminado. No entanto, as superfícies dos projetos são prontas para receber o acabamento.

Projetos de aplicação do drywall

Para evitar problemas futuros é necessário averiguar o projeto do apartamento com antecedência, dessa forma o morador pode planejar a inserção de móveis e a capacidade estrutural do ambiente. O primeiro passo é pesquisar as dimensões do drywall, assim o valor do espaçamento é calculado, poiso tamanho dos espaços interfere na resistência da parede, já que quanto maior o espaço, maior a força da estrutura.

A inserção de reforço metálico e madeira é ideal para a sustentação de móveis como estantes e suportes. Caso o objetivo seja a aplicação de alto número de equipamentos, o painel OSB pode ser inserido abaixo da placa de Drywall. O uso do drywall é bastante popular na Europa e nos Estados Unidos, devido a praticidade, durabilidade e custo benefício para a instalação e manutenção das peças.

Quem busca esclarecer dúvidas e ter acesso aos melhores projetos do mercado, a Office Flex disponibiliza equipe de profissionais habilitados e especializados em revestimentos e forros, de diferentes modelos!

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>