Construção seca


Amplamente difundida e comum na Europa, a construção seca (recebe esse nome pois não precisa de água para a execução da obra) chegou a nosso país há aproximadamente uma década. Esse tipo de construção é diferente pois nela são utilizados elementos como perfis metálicos e chapas, gesso especial, madeira e outros componentes ao invés de tijolos, concreto e argamassa.

O Drywall faz parte dos componentes dessa nova tendência de construção, que visa diminuir a sujeira e o risco do trabalho, além de oferecer vantagens em comparação aos procedimentos comuns da construção civil.

Pelo uso do Drywall, a construção seca oferece maior conforto acústico(que pode ser maior ainda quando a parede recebe um interior com revestimento de paineis de lã mineral), melhor acabamento e maior variedade arquitetônica, já que permite mais diversidade quando o assunto é pintura ou mesmo a aplicação de azulejos.

Durante o processo de construção, já estão colocadas e instaladas as alimentações elétricas e hidráulicas, reduzindo ao máximo o tempo e a dificuldade de realização da obra. Isso tudo é combinado com as estruturas de aço galvanizado, que oferecem suporte e sustentação para as cargas da edificação.

As vantagens do uso das estruturas de aço são:

  • Flexibilidade devido ás facilidades em reformas ou possíveis manutenções e ampliações
  • É personalizável, permitindo uma série de escolhas, inclusive visando a redução de custos.
  • Alta durabilidade

Mas lembre-se! A construção seca exige um projeto mais cuidadoso e detalhado e um acompanhamento minucioso de um arquiteto ou engenheiro experiente.

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *