Como o drywall é fabricado?


Como o drywall é fabricado?

Drywall é um material de construção feito de painéis finos de placa de gesso. A tábua é composta de uma camada de rocha de gesso inserida entre duas camadas de papel especial. Drywall se tornou um método muito mais eficiente de construção do que a técnica mais comum de aplicação de gesso úmido na parede.

Além de ser fácil de instalar, este material fornece uma medida de proteção contra incêndio para os edifícios. O gesso contém grandes quantidades de água ligada em forma cristalina, e por isso, quando exposto ao fogo, a água na tábua de gesso se vaporiza. A temperatura do painel permanece a 100 ° C até que toda a água seja liberta, protegendo a estrutura como um todo. Mesmo depois de toda a água evaporar, o próprio gesso não vai queimar e continua a fornecer proteção contra incêndio substancial.

O gesso tem sido usado como um material de construção há milhares de anos. Na verdade, o gesso aplicado há pelo menos 4.000 anos nas paredes das Grandes Pirâmides do Egito ainda está em boas condições. Hoje painéis de drywall são amplamente utilizados na construção moderna em todo o mundo.


Materiais

O componente primário do drywall é o gesso mineral. É uma rocha de densidade leve encontrada em depósitos abundantes em todo o mundo. Cada molécula de gesso (ou sulfato de cálcio di-hidratado) é composta de duas moléculas de água (H2O) e uma de sulfato de cálcio (CaSO4). Em peso, o composto é 21% de água, mas em volume é quase 50% de água.

Como a água presente no gesso está em forma cristalina, o material é sempre seco. Embora o gelo, outra forma de água cristalina, se torne um líquido à temperatura ambiente, a água ligada nas moléculas de gesso permanece sólida a menos que seja aquecida a 100 ° C, altura em que muda para um estado gasoso e evapora.

Existem dois tipos de papel usados na produção da maioria de drywall, e ambos os tipos são reciclados. O papel manilha, quando devidamente feito, aceita grande parte das tintas e outros tipos de produtos de acabamento de parede. Já o papel acinzentado, de jornal reciclado, pode ser laminado com alumínio para produzir um tipo especial de drywall que resiste ao fluxo de vapor de água em ambientes úmidos como banheiros. As variedades especializadas de placas de gesso podem ser feitas com diferentes tipos de papel, por exemplo, alguns papéis são feitos para serem resistentes à umidade em vários graus, enquanto que outro tipo de papel é altamente absorvente e projetado para aceitar uma camada fina de folheado de gesso após a instalação.


O processo de fabricação

A fabricação de drywall consiste em colocar o material do núcleo de gesso entre duas camadas de papel, secar o produto e finalizá-lo em painéis de tamanho padrão.


Mistura de aditivos

  • Dependendo da variedade das placas que serão produzidas, certos aditivos são misturados para formar o núcleo do Drywall. Cada ingrediente adicional equivale a menos de 1% da quantidade de pó de gesso.
  • O amido é adicionado para ajudar na aderência dos revestimentos de papel ao núcleo;
  • A polpa de papel é adicionada para aumentar a resistência à tração do núcleo (resistência à pressão longitudinal);
  • A vermiculita não expandida é adicionada quando se produzem grades resistentes ao fogo;
  • Em alguns casos a argila é adicionada também.

Adiciona-se água à mistura para formar uma pasta com a consistência adequada. Também se adiciona uma emulsão de asfalto e/ou uma emulsão de cera para a obtenção de resistência à umidade. Inclui-se um agente espumante tal como um detergente, e durante o processo de mistura o ar é puxado para dentro do material. O painel de gesso acabado terá mais de 50% de ar, o que minimiza o peso da placa e facilita o corte, ajuste e enquadramento.


Sanduíche de drywall

A pasta de gesso é derramada sobre uma camada de papel desenrolada constantemente no maquinário, então, outra camada de papel se desenrola sobre a pasta. O sanduíche passa então através de um sistema de rolos que o compacta até a espessura desejada. As espessuras mais comuns são 9,5 mm, 12,7 mm e 15,7 mm.


Acabamento das bordas

As linhas de montagem automatizadas para placas de gesso variam de 93 a 247 m de comprimento. À medida que a parede de drywall continua ao longo da correia de transporte, as bordas são formadas. Várias formas de arestas são possíveis dependendo do uso final do painel. As opções incluem:

  • Borda quadrada tradicional;
  • Bordas afiladas e/ou chanfradas;
  • Bordas arredondadas.

O papel da face é enrolado precisamente ao redor de cada borda e selado ao papel posterior.


Cortando os painéis

No momento em que as bordas foram moldadas, o núcleo de gesso se fixou suficientemente para que uma faca de corte separe uma tira contínua em tamanhos de painel padrão.


O processo de secagem

Os painéis são transferidos para uma linha de transporte que os seca através de um longo forno específico.Os painéis entram no forno a 260°C e são expostos a níveis gradualmente decrescentes de calor durante os 35-40 minutos que percorrem o sistema. A umidade e a temperatura são cuidadosamente controladas no secador.


O produto acabado

Depois de sair do forno de secagem, os painéis de parede seca são inspecionados visualmente antes de serem empacotados e transferidos para o armazém. Cada placa é rotulada com um código de barras que é usado para armazenar no inventário, verificar faturamento e variação de preços a nível de varejo.

A Office Flex possui o Drywall mais resistente do mercado. Entre em contato e comprove a qualidade do produto, visite nossa loja na Vila Guilherme – Avenida Guilherme, nº 1055.

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *