Como é a relação de DryWall e o meio ambiente?


Como é a relação de DryWall e o meio ambiente?

O DryWall tem sido a opção preferida de arquitetos, incorporadores e construtores brasileiros, devido ao baixíssimo impacto ambiental que causa, comparado com os sistemas de construção tradicionais, como a alvenaria, por exemplo. Por quê?

O DryWall gera uma quantidade de entulho muito menor, cerca de 5% de seu peso, enquanto a alvenaria gera 30%, o que facilita significativamente sua coleta e seu transporte;
Seus resíduos – restos de chapas e de perfis estruturais de aço – podem ser completamente reciclados;

Testes realizados em indústrias de cimento comprovam que as chapas de gesso para DryWall são 100% aproveitáveis no processo de produção de cimento, já que este requer uma quantidade de gesso, que, quando originário das chapas para DryWall, apresenta uma pureza superior ao de outros componentes desse mesmo material utilizado no mercado.

O gesso se trata de um material ecológico, desde a fase de mineração, até a aplicação final dos sistemas de construção a seco baseados em chapas de gesso. Neste último caso, em particular, o gesso possui a capacidade de tornar os ambientes em que é utilizado mais confortáveis. Isto, devido às suas propriedades físicas e biológicas, as quais podemos destacar:

  • Regulador do clima, mantendo o grau de umidade em equilíbrio;
  • Isolante térmico e acústico natural;
  • Possui proteção contra o fogo, pois não é inflamável;
  • É livre de gases tóxicos;
  • Não é nocivo à pele;
  • Eletricamente neutro;
  • Sua extração não gera resíduos tóxicos;

A OfficeFlex assegura que o entulho de gesso seja despejado de maneira sustentável, seja na reutilização, seja na eliminação devida, reduzindo os impactos ao meio ambiente.

A OfficeFlex conta com profissionais tecnicamente qualificados, garantindo a execução segura e perfeita de todos os projetos em que atua.

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *